O cálculo renal, popularmente conhecida como pedra nos rins, é uma condição considerada bastante comum e com alta taxa de recorrência.
Cálculos renais são formações edurecidas resultantes do acúmulo de cristias de sais na urina que se formam nos rins ou nas vias urinárias. O aparecimento das pedras nos rins ocorre quando a urina apresenta quantidades maiores de algumas substâncias como cálcio e ácido úrico que se agrupam e se transformam em pequenas pedras.
Apesar de relativamente comum, as pedras nos rins ainda geram dúvidas e questionamentos em muitos pacientes. Veja alguns mitos e verdades sobre as pedras nos rins:
▪ Consumir muito sal provoca pedras nos rins? Sim. O consumo excessivo de sal é um fator de risco para o desenvolvimento de pedras nos rins
▪ Pedra nos rins é uma das condições mais dolorosas que existe – Verdade. A formação de cálculos no interior dos rins pode acabar bloqueando parte da via urinária e quando os cálculos começam a se movimentar, o paciente sente uma dor intensa.
▪ Excesso de Vitamina C aumenta chances de cálculo renal – Quando é consumida em excesso, o organismo não consegue absorver toda a quantidade ingerida e passa a expelir o que não foi metabolizada.
▪ Leite pode causar pedra nos rins – Mito. esse mito é associado pelo fato de que o leite tem grande quantidade de cálcio, mas o consumo de calcio não está ligado a formação de cálculos.
▪ Tomar água durante as crises ajuda a aliviar os sintomas – Mito. A água é excelente para prevenção, mas deve ser evitada quando as cólicas e dores aparecem, já que o rim continua a filtrar a urina e, por conta das pedras, não consegue direcioná-la às vias urinárias, dilatando ainda mais os rins, causando ainda mais dor.
⚠ Não deixe sua saúde para depois, agende já sua consulta!
👉 Acesse nosso site: www.urologistasassociados.com.br
☎ Agende já sua consulta: (34) 3219-7777
📍 Rua Arthur Bernardes, 131 – Bairro Martins | Uberlândia – MG
#urologistasassociados #uberlandia #urologia #biopsiadaprostata #ultrassonografia #urofluxometria #urodinamica #cistoscopia #rins #calculorenal #pedranosrins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *