A próstata é um órgão do sistema reprodutor masculino que é responsável, juntamente com as vesículas seminais, por mais de 90% do que é ejaculado pelo homem numa relação sexual. Sua função é produzir o fluído que protege e nutre os espermatozoides no sêmen, tornando-o mais líquido. É um órgão de grande importância na fertilidade masculina.

As três principais doenças da próstata são a Hiperplasia prostática benigna, prostatite e o câncer de próstata.

▪ Hiberplasia Prostática Benigna – A próstata naturalmente aumenta de tamanho conforme o homem envelhece. O problema é esse crescimento comprime a uretra, dificultando ou impedindo a passagem da urina. Caso a urina fique estagnada, o organismo fica mais propenso a contrair infecções. Outra consequência pode ser a formação de cálculos renais.

▪ Prostatite é uma doença comum que afeta a próstata. Acontece por processos inflamatórios e infecciosos da glândula, causadas muitas vezes por bactérias encontradas no trato urinário, ou até mesmo no intestino grosso. Ela pode provocar aumento do seu tamanho e sintomas como febre, dor perineal e dificuldade ao urinar. A única forma de confirmar o seu diagnóstico é consultar um urologista para fazer exames e iniciar o tratamento correto.

▪ Câncer de Próstata – É uma doença silenciosa que se descoberta precocemente tem 90% de chance de cura. Para homens com 45 anos ou mais é recomendado fazer anualmente o exame de PSA e o de toque retal. O tratamento é feito por meio de acompanhamento clínico e cirurgia tradicional e cirurgia robótica, técnica que garante maior segurança aos pacientes e aos médicos.

⚠ Não deixe sua saúde para depois, agende já sua consulta!

⚠ Não deixe sua saúde para depois, agende já sua consulta!
👉 Saiba mais sobre o Urologistas Associados
☎ Agende já sua consulta por nosso WhatsApp: (34) 3219-7777
📍 Atendimento UMC
📍 Rua Rafael Marino Neto, 600 Centro Clínico do Hospital UMC, 4º andar, Suíte 401 – Jardim Karaíba, Uberlândia – MG, 38411-186

#urologistasassociados #uberlandia #urologia #umc #prostata  #prevencao #sintomas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *