Cálculo Urinário

calculourinario

Três Mitos:

 – Não me alimento com leite, nem queijos, nem nada que contenha muito cálcio, então não terei problemas com pedras nos rins.
ERRADO! A dieta é apenas um fator na formação das pedras, mas há outros. E em geral, o cálcio não é o maior culpado na formação das pedras.

 – Existem chás que dissolvem as pedras urinárias.
ERRADO! Não há comprovação científica da ação dos chás. Geralmente são pedras pequenas que saem espontaneamente, dando a impressão que os chás funcionam.

 – Pedra é tudo igual, e todas as pedras podem ser tratadas da mesma forma.
ERRADO! O tamanho, localização e o número de pedras são fundamentais na escolha da melhor forma de tratamento.

A calculose urinária (doença das pedras) é muito comum, acometendo entre 5% e 12% da população, principalmente entre os 20 e os 50 anos de vida.

As pedras podem causar grandes transtornos, com quadros de cólicas renais, obstruções das vias urinárias, aumento do risco de infecções de urina, podendo chegar à paralisação dos rins em casos extremos.

Existem várias possíveis causas para a formação das pedras, sendo uma doença multifatorial. Algumas causas são: herança genética, alterações metabólicas, fatores profissionais, hábitos alimentares, fatores climáticos e geográficos.

Os alimentos que mais contribuem na formação das pedras são: carnes vermelhas, sal de cozinha, e oxalato. Os que protegem são: líquidos em abundância, citrato e magnésio.

O diagnóstico correto da calculose urinária e sua investigação detalhada são passos fundamentais para um tratamento bem sucedido. É importante saber o tamanho e a localização das pedras, bem como seu número e repercussão, para programar a melhor forma de tratamento.

Alguns exames são importantes na avaliação da calculose urinária: ultrassom das vias urinárias, tomografia computadorizada, exames de sangue e urina, entre outros.

O uso de chás e remédios populares não tem eficácia comprovada. A maioria das pedras é eliminada espontaneamente, sem a necessidade de tratamento pelo Urologista, dando a falsa impressão da sua eficácia.

Para pedras nos rins, as melhores opções são: litotripsia extracorpórea, ureteroscopia flexível a laser de holmium, cirurgia renal percutânea, ou cirurgia convencional em casos excepcionais.

Para pedras no ureter (canal que liga os rins à bexiga), as melhores opções são: ureteroscopia a laser de holmium, aguardar eliminação espontânea, ou raramente a cirurgia convencional.

Os nossos Urologistas estão capacitados para diagnosticar e tratar todos os casos de calculose urinária. Na nossa equipe, todos são portadores do título de especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia (TiSBU). É a sua saúde em boas mãos.

Doenças Urológicas

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.