Disfunção Erétil

disfuncaoeretil

Três Mitos:

 – Minha potência sexual está piorando, mas estou conformado porque isso faz parte do meu envelhecimento.
ERRADO! Apesar de a potência realmente decair com o avanço da idade, ninguém tem que conviver com disfunção erétil ao envelhecer. Dispomos de tratamentos eficazes e seguros.

 – Os remédios para disfunção erétil causam dependência ou podem até matar.
ERRADO! Quando indicados corretamente e usados sob orientação do Urologista, as medicações são seguras.

 – Ouvi dizer que para tratar a impotência terei que me submeter a uma cirurgia de colocação de prótese.
ERRADO! Atualmente dispomos de tratamentos não cirúrgicos para disfunção erétil que são bastante eficazes.

A disfunção erétil acomete grande parte dos homens acima dos 50 anos, e apresenta tendência de aumentar com a idade. Porém, mesmo homens mais jovens podem apresentar disfunção erétil. Aos 30 anos, cerca de 10% dos homens já apresentou algum episódio de falha de ereção.

As principais causas de disfunção erétil são de origem psicológica ou devido a problemas físicos. Nossos Urologistas saberão avaliar corretamente cada caso.

Problemas psicológicos que podem causar disfunção erétil incluem: stress, ansiedade, insegurança, depressão, cobrança excessiva de desempenho por parte da parceira ou do próprio paciente.

Problemas físicos que podem causar disfunção erétil incluem: tabagismo (em qualquer quantidade), etilismo, uso de drogas, diabetes, elevação do colesterol, sedentarismo, obesidade, doenças neurológicas e circulatórias.

Atualmente se considera que a disfunção erétil é um “termômetro” dos cuidados do homem com sua saúde. Pacientes com disfunção erétil geralmente demonstram pior cuidado geral com a saúde ao longo da vida.

O diagnóstico correto da disfunção erétil e sua investigação detalhada são passos fundamentais para um tratamento bem sucedido.

Alguns exames estão indicados na moderna avaliação da disfunção erétil: dosagens hormonais, exames de check-up geral da saúde, avaliação prostática (acima de 45 anos), ultrassom das vias urinárias e próstata.

O tratamento da disfunção erétil pode ser feito com medicações ou cirurgias, dependendo das particularidades de cada caso.

As medicações são eficazes em 85% dos casos, e constituem a primeira opção de tratamento. Quando bem indicados, e usados sob orientação do Urologista, os remédios apresentam riscos mínimos.

As cirurgias de prótese são indicadas apenas quando os tratamentos mais simples, com medicamentos, não surtiram efeito adequado.

Os nossos Urologistas estão capacitados para diagnosticar e tratar todos os casos de disfunção erétil. Na nossa equipe, todos são portadores do título de especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia (TiSBU). É a sua saúde em boas mãos.

Doenças Urológicas

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.